fbpx

Meus aprendizados com a pandemia: desafios e mudanças

18 de março de 2021 Fernanda Ens 0
meus-aprendizados-com-a-pandemia

É incrível como o mundo muda em tão pouco tempo (e nós também). Desde o início da pandemia, em 2020, esse processo de mudança se acelerou. Portanto, posso dizer que foi um ano muito transformador e comigo não foi diferente. Logo eu que estava acostumada com alta intensidade dentro da quadra, tive que aprender a lidar com ela também fora do espaço que estava habituada. Assim, digo que em um ano aprendi o que provavelmente levaria uns cinco. Penso que mesmo com tantas incertezas e momentos de dificuldades, ainda encontramos oportunidades. Por isso, hoje trago um texto inspiracional sobre meus aprendizados da pandemia. Vem refletir comigo?

Gestão, planejamento e emoções

Antes da pandemia, o ano de 2020 já tinha começado com tudo: em janeiro, a parceria entre a Fernanda Ens Esportes de Raquetes e o Parque Esportivo PUCRS foi oficializada. Essa cooperação foi fundamental para o nosso desempenho e concretização do meu sonho de construir uma Escola de Raquetes. Desde então, todo o planejamento estratégico, ações, iniciativas e demais atividades da Escola foram se modificando a cada semana. Dessa forma, entendi que precisávamos dar um passo de cada vez com consciência, responsabilidade e tranquilidade, especialmente em vista do momento incerto. Esse foi um dos meus aprendizados com a pandemia mais profundo: entender como equilibrar o que posso planejar, bem como o que foge do meu controle.

Por outro lado, compreendi que não precisávamos ficar estáveis e na inércia: mesmo ficando mais em casa, era possível criar novas soluções e mantive muitas atividades em aceleração total. Ao mesmo tempo, percebi que não era momento de inventar a roda, apesar de ser uma das minhas grandes vontades. Sendo assim, para continuar nosso desempenho, busquei identificar onde precisávamos manter o nosso foco e como poderíamos nos desenvolver. Por isso, fui trabalhando e evoluindo juntamente com a minha equipe.

O que posso dizer sem dúvidas é que realizar a gestão da Escola de Raquetes em 2020 foi sensacional! Pois amadureci como profissional e evolui como pessoa: errei e acertei, caí e levantei, chorei muito e sorri mais ainda. Além disso, aprendi a perceber minhas emoções e como me sentia nas diferentes situações. Assim como, entendi que meu emocional deveria estar muito equilibrado e, para isso, tive o auxílio do meu mentor e da minha psicóloga. Trabalhamos juntos para me desenvolver emocionalmente e esse progresso foi fundamental para dar continuidade aos meus projetos.

Meus aprendizados com a pandemia: físico e mental fortalecidos

Além de tudo isso, cuidar da minha saúde física sempre foi uma prioridade e não seria diferente durante a pandemia, mesmo com tantos desafios. Para fortalecer meu organismo, imunidade e físico, me dediquei muito a alimentação e exercícios diários, respeitando cada momento e movimento. Afinal, minha opinião é que se meu corpo está bem, as minhas atividades, tarefas e projetos também vão andar bem. Apesar de toda carga emocional e de trabalho, consegui me manter saudável e em equilíbrio o ano todo. Assim, essa experiência foi incrível e transformadora para o Estilo de Vida Esportivo que tanto acredito.

Como já mencionei, um dos meus aprendizados com a pandemia envolve questões emocionais, as quais enxergo como fundamentais. Por isso, trabalhei minha parte mental também, por meio de leitura e cursos on-line. Dessa forma, procurei me manter informada e adquirir novos conhecimentos. Bem como, transmiti-los para minha atuação enquanto gestora esportiva, líder e professora. Isso contribuiu expressivamente para manter a Escola em constante evolução. Se quiser  saber mais sobre a conexão entre o físico e o mental, em especial nos esportes, tenho um conteúdo para você aqui

Autoconhecimento, propósito e cuidado com as pessoas

Por outro lado, além do físico e do mental, me mantive conectada ao meu lado espiritual que foi a base para tudo acontecer. Diante disso, iniciei a prática de meditação ano passado e continuo até hoje. Essa atividade vem me auxiliando a conhecer a Fernanda na sua essência a cada dia e com um passo de cada vez.

Também, tive a preocupação de estar presente com a minha equipe e perto dos alunos, criando redes de apoio e cuidando das pessoas. Dessa maneira, essa aproximação fortaleceu nosso trabalho e trouxe ainda mais confiança e segurança para todos, dois pontos essenciais para passarmos esse período de crise. Portanto, percebi que a Escola de Raquetes cuida, ensina e transformar a vida das pessoas através dos esportes de raquetes. Esse se tornou o nosso propósito e guia nossas ações e aulas. É por isso que estamos aqui: para fazer a diferença!

Gostou de saber mais sobre meus aprendizados com a pandemia? Eu sei que o momento não está fácil, mas acredito que podemos sim criar novas relações e ter a sensibilidade de cuidar das pessoas à nossa volta, não importa o âmbito. Por isso, se quiser compartilhar comigo o que aprendeu e refletiu durante esse ciclo, é só me procurar no Instagram. Por fim, digo que vai ficar tudo bem e até a próxima!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *